terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Aprendendo uma nova linguagem

Depois de PHP, Java, HB++ (é de verdade, existe mesmo!), Delphi, Javascript e afins eu resolví aprender mais uma linguagem. Dessa vez foi o C++. A motivação veio do meu novo smartphone. A cerca de dois meses eu comprei um N900. Tem um ótimo hardware, usa uma distro Linux baseado Debian como SO, o Maemo.

Sempre gostei muito de mobilidade. Tive dois palms, um ITouch, tenho um PSP e agora o N900. Em todas essas plataformas eu tentei desenvolver um software. Devo dizer que no Palm foi onde eu fui mais bem sucedido (foi aqui que apareceu o HB++). Conseguí desenvolver uma app que controlasse minha vida escolar e o esqueleto de um jogo de estourar bolhas. Foi uma ótima experiência. Depois veio o ITouch. Nessa época eu descobrí que a Apple não é tão receptiva com novos desenvolvedores. O proprietarismo da empresa me jogou pra bem longe das fileiras de desenvolvedores para as "ICoisas". Então cheguei no PSP e seu homebrews. Por algum motivo, eu fiquei meio desmotivado e acabei desistindo dessa plataforma.

Agora finalmente estou no N900. A linguagem não é das mais gostosas de se trabalhar. C++ é estressante em certos momentos, mas a biblioteca (QT) é formidável.

Um amigo meu certa vez disse algo muito sábio: "Linguagem é detalhe".
Eu concordo. No fim das contas, as estruturas condicionais permanecem, os laços de repetição permanecem e o core de toda linguagem é basicamente o mesmo. O que muda mesmo é a sintaxe, e eu devo dizer que essa é a parte fácil de aprender.

Ainda estou no início da minha caminhada em C++ e QT, mas já estou terminando o primeiro projeto. Estou fazendo um simulador de Mocks (simulado para a SCJP) pro N900, visto que ainda não possui nenhum. Talvez este se torne meu TCC, mas por enquanto é só algo para eu me divertir.

Sempre que se aprende algo novo é necessário um pouco de dedicação e afinco. Mas passadas as primeiras dificuldades, as outras tendem a ser menores.

É isso. Em breve vou estar postando o projeto OpenSource na web e colocarei aqui.

No próximo Post vou falar um pouco sobre o Zend Framework. Planejo demonstrar um exemplo de estrutura combinando o Zend + Extjs e depois voltarei aos resumos da SCJP.

See you guys.